quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009

Exames de admissao 2009 para as Universidades Eduardo Mondlane


Começaram no dia 19 de janeiro em todo o País uma corrida renhida entre os cerca 20 mil candidatos as cerca de 2mil vagas, que a UEM tem disponivel para o ano academico de 2009.
segundo o calendario de exames de admissao a batalha vao ate dia 23 do mesmo mes.

citando o jornal o Pais do dia 19 de janeiro de 2009, na sua coluna relativa à Sociedade "Um total de 20.433 candidatos disputam, desde hoje (dia 19 de janeiro de 2009), 4.300 vagas na Universidade Eduardo Mondlane, a maior universidade pública no país.

São no total cerca de 20 mil estudantes de todo país que estão submetidas a provas de admissão nesta instituição de ensino. O processo de exames de admissão iniciado hoje na maior universidade do país está a decorrer sem sobressaltos.

E os examinandos dizem que as provas são acessíveis. Pelo menos no período da manhã, os exames decorreram sem sobressaltos e alguns examinandos que falaram à nossa reportagem foram unânimes ao afirmar que os primeiros exames foram acessíveis.

De salientar que dos 20.433 candidatos, cerca de 50 por cento são da cidade e província de Maputo. Enquanto isso, a província de Niassa (no norte do país) é a que menos candidatos têm, com cerca de 1.4 por cento do universo de concorrentes.

Sem comentários: